Fandom

Harry Potter Wiki

Anel de Servolo Gaunt

2 046 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

O Anel de Servolo Gaunt é um anel que pertencia a Servolo Gaunt, produzido grosseiramente com o que aparentava ser ouro e encravado com uma pedra preta, a Pedra da Ressurreição. Segundo Servolo, o anel pertenceu por séculos à família Gaunt. Após sua morte, o objeto passou ao seu filho Morfino, mas logo foi roubado pelo neto de Servolo, Tom Riddle.

Tom usou o anel por algum tempo após ter saído de Hogwarts, mas parou de usar ao tê-lo transformado numa das Horcruxes. Ele o escondeu sob vários e poderosos encantamentos nas ruínas da casa dos Gaunt. O anel foi achado futuramente por Dumbledore, que destruiu a Horcrux, mas guardou o anel, agora com a pedra partida ao meio. Dumbledore deixou o anel para Harry depois de sua morte.

História Editar

Posse dos Peverell Editar

A história do anel começa (e termina) com a sua pedra negra. A pedra era a Pedra da Ressurreição, uma das Relíquias da Morte, e tinha o símbolo das Relíquias da Morte gravadas em sua superfície. De acordo com O Conto dos Três Irmãos, Cadmo Peverell, o irmão do meio, pediu a Morte o poder retornar pessoas da morte. A Morte supostamente pegou uma pedra negra da margem do rio nas proximidades e deu-o a Cadmus, prometendo-lhe que ele continha o poder que havia sido pedido.

Uma vez que Cadmus voltou para sua casa, ele pegou a Pedra da Ressurreição e girou-a em suas mãos três vezes, como fora instruído pela Morte. Ao fazer isso, ele trouxe de volta sua amada, que tinha sofrido uma morte prematura. Enquanto ela voltou dos mortos, ela não estava realmente viva e queria voltar para o mundo dos mortos desde que ela não pertencia mais ao mundo dos vivos. Para Cadmus, era como ser capaz de vê-la, mas não ser capaz de tocá-la ou realmente estar com ela. Ver as limitações da pedra levou Cadmo à loucura, e ele tirou a própria vida para se juntar verdadeiramente o seu amor na morte.

Posse dos Gaunt Editar

A pedra passou pela descendência de de Cadmus. Em algum ponto, foi colocado numa configuração de ouro e transformado em um anel. O anel continuou a ser passado de geração em geração, eventualmente, acabando nas mãos do Gaunts. Servolo Gaunt, patriarca da família na época, colocava este anel (junto com o medalhão de Salazar Sonserina) mais alto do que qualquer coisa (mesmo sua própria filha, Mérope). Quando a família foi visitada por Bob Ogden, oficial do Ministério da Magia, Servolo colocou o anel na frente de seu rosto em uma tentativa de impressionar e intimidar Ogden. Quando Servolo e seu filho Morfino Gaunt foram detidos e presos por agredir trouxas e funcionários do Ministério, sua filha Mérope Gaunt abandonou a família para escapar da tortura mental que seu pai empregava continuamente contra ela, tendo o medalhão de Salazar Sonserina consigo.

Quando Servolo voltou para casa, ele esperava encontrar sua filha obedientemente à espera de seu retorno. O que ele encontrou foi no entanto uma casa coberta com uma polegada de pó e uma nota de Merope explicando o que tinha feito e por quê. Servolo morreu pouco depois, quer devido à sua incapacidade de cuidar de si mesmo ou o enfraquecimento devido a estada em Azkaban]. O anel passou então para Morfin quando ele foi finalmente libertado de Azkaban, e ele continuou a usá-lo em seu estado delirante pelos anos seguintes.

Posse de Tom Riddle Editar

Alguns anos mais tarde, Tom Servolo Riddle voltou a Little Hangleton para procurar sua família. Ele estava esperando encontrar Servolo, mas encontrou Morfino meio louco na Casa dos Gaunt. Morfino comentou como Riddle parecia muito com o trouxa que havia se casado com sua irmã, Tom Riddle Sr.. Ele disse Riddle como Riddle Sr. tinha abandonado Mérope e voltou para a casa de seus pais, a Casa dos Riddle. Ao saber do abandono de seu pai (e, assim, sentindo que ele tinha causado a morte de Mérope), Riddle surpreendeu Morfin e tomou sua varinha. Ele então foi Casa dos Riddle para enfrentar seu pai. Frank Bryce, jardineiro dos Riddle, comentou mais tarde que ele tinha visto Riddle ascendendo a colina em direção à casa. Riddle usou um feitiço comum para destrancar a porta e entrou na casa. Uma vez dentro, Riddle encontrou seu pai, bem como seus avós, Thomas e Mary Riddle, na sala de desenho. Riddle, em seguida, usou a Maldição da Morte em seu pai e avós trouxas.

Riddle usava abertamente o anel em Hogwarts após esses eventos, como visto em sua mão em uma memória fornecida pelo mestre de poções Horácio Slughorn. Riddle, então, questionou Slughorn sobre Horcruxes, particularmente o que aconteceria com o bruxo que criou mais de um. Por este ponto, Riddle já havia criado sua primeira Horcrux, seu diário de infância, com o assassinato de uma colega chamada Murta. Em algum momento, pouco antes ou depois de sua graduação de Hogwarts, Riddle usou o assassinato de seu pai, Tom Riddle Sr. para transformar o anel em uma Horcrux. Depois disso, ele perdeu o interesse em usá-lo por mais tempo e escolheu para devolvê-lo para o mesmo lugar de onde ele tinha roubado: a Casa dos Gaunt. Ele colocou o anel dentro de uma caixa de ouro e escondeu-o debaixo de tábuas podres do barraco. Ele, então, colocou muitos encantos de proteção para impedir a entrada de pessoas de fora da cabana e encontrar o anel. Ele também colocou uma poderosa maldição sobre o anel, bem como, uma que iria levar rapidamente à morte do portador do anel se não fosse estancada. O anel foi deixado lá na ruína do barraco por muitas décadas.

Destruição por Alvo Dumbledore Editar

Em 1996, Alvo Dumbledore continuou investigando a obsessão de Riddle com a imortalidade e seu fascínio com Horcruxes. Dumbledore suspeitava que um bom lugar para procurar uma das Horcruxes de Riddle seria a Casa dos Gaunt, considerando a sua importância para o passado de Riddle. Dumbledore viajou para Little Hangleton e encontrou os restos do barraco, escondidos entre muitas ervas daninhas. Dumbledore conseguiu passar através dos encantamentos que protegia a casa e descobriu a caixa dourada com o anel sob as tábuas do barraco. Ele trouxe a espada de Godric Grifnória com ele, pois agora tinha o poder de destruir os Horcruxes desde que Harry tinha usado para matar o basilisco na Câmara Secreta, o que imbuíra a lâmina com o veneno de basilisco.

No entanto, Dumbledore reconheceu o símbolo das Relíquias da Morte na pedra preta do anel e reconheceu-a como a Pedra da Ressurreição, algo pelo qual Dumbledore havia procurado a maior parte de sua vida. Com a esperança de reviver seus familiares mortos (em particular a sua irmã Ariana Dumbledore), ele ignorou o estado do anel como um Horcrux e colocou-o. Isto ativou a maldição mortal do anel, e ela começou a se espalhar rapidamente pelo corpo de Dumbledore, começando com a mão na qual ele tinha colocado o anel. Depois de Dumbledore voltar para Hogwarts, ele usou a espada do Godric Grifnória para quebrar a Pedra da Ressurreição, a fim de destruí-la como uma Horcrux. Embora o ato destruísse o anel como uma das Horcruxes de Riddle, isso não impediu a maldição fatal.

Após a horcrux ser destruída, Dumbledore continuou a usar o anel por mais alguns dias. Mais notavelmente, quando ele pegou Harry Potter a partir na Rua dos Alfeneiros e levou-o para persuadir Horácio Slughorn para ensinar em Hogwarts. Durante o encontro, é dito que Dumbledore exibiu especificamente o anel para Slughorn, que encarou ele por alguns segundos. Isto implica que ele reconheceu o anel como tendo pertencido a Tom Riddle. Por isso, Dumbledore pode ter especificamente usado o anel - o que indicaria seu sucesso em rastrear o passado de Voldemort - tanto para ajudar a incentivar Slughorn para voltar a Hogwarts, e para ajudar a convencê-lo a entregar a versão correta da memória.

Depois Editar

Depois de Voldemort descobrir que Harry estava caçando suas Horcruxes, Voldemort decidiu se certificar de que cada uma de suas Horcruxes ainda era segura e aumentar a sua proteção. Ele decidiu que o anel poderia ter sido o menos seguro, e, portanto, visitou o barracão em primeiro lugar. Ao descobrir que o anel tinha de fato desaparecido, Voldemort soltou um grito de fúria e saiu rapidamente para verificar a segurança de suas outras Horcruxes.

Por trás das cenas Editar

  • O anel é o único que item que é tanto uma Relíquia quanto uma Horcrux.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória