Fandom

Harry Potter Wiki

Batalha do Departamento de Mistérios

2 045 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

A Batalha do Departamento de Mistérios foi o primeiro grande conflito da Segunda Guerra Bruxa. Decorreu a 18 junho de 1996, depois de Lord Voldemort atraído Harry Potter e cinco de seus companheiros da Armada de Dumbledore para o Departamento de Mistérios, em um esforço para obter a profecia a respeito de sua possível derrota.

Uma vez no ministério, os seis membros da AD foram encurralados por uma dúzia de Comensais da Morte, que eles conseguiram afastar até que a Ordem da Fênix veio em seu socorro. No confronto, a profecia foi destruída, e Voldemort foi visto pelo Ministro da Magia Cornélio Fudge, onze dos Comensais da Morte foram capturados, e Sirius Black foi morto por sua prima (Belatriz Lestrange).

A batalha resultou em retorno de Voldemort ter, em fim, se tornado público, o Ministério da Magia, finalmente, tomou medidas contra o seu poder crescente, e foi também o início de uma guerra aberta.

História Editar

A profecia Editar

No auge da Primeira Guerra Bruxa, Sibila Trelawney fez uma profecia predizendo a vinda da única pessoa que poderia derrotar Lord Voldemort. Esta profecia foi ouvida em sua totalidade por Albus Dumbledore e em parte por Severus Snape, um Comensal da Morte, que relatou o que ouviu para Voldemort. O Lorde das Trevas chegou a acreditar que a profecia se referia o Harry Potter e começou a procurar a localização de Tiago e Lilian Potter. Eles tinham ido se esconder quando Snape, que havia se apaixonado por Lilian Evans, alertou Dumbledore do perigo que se aproximava. No Halloween de 1981, a sua localização foi revelado para o Lorde das Trevas, e depois de matar os pais de Harry, ele tentou matar o menino, mas a Maldição da Morte ricocheteou e ele quase foi destruído.

Quando Voldemort retornou em 1995 e não conseguiu matar Harry, pela segunda vez, por causa do Priori Incantatem nesta ocasião, ele tornou-se determinado a ouvir a profecia completa, acreditando que ela conteria o segredo de destruir Harry Potter, um registro que era mantido no Departamento de Mistérios.

Tentativas de roubo Editar

Fuga em massa (1996).jpg

O Profeta Diário noticia a fuga em massa de Azkaban.

Em janeiro de 1996, houve uma fuga em massa de Comensais da Morte de Azkaban após os Dementadores desertaram para o lado de Voldemort. Dez Comensais da Morte - incluindo a família Lestrange e seus companheiros Antonin Dolohov, Augustus Rookwood, Travers e Mulciber, entre outros - estavam livres para se juntar a seu mestre novamente. Estes dez foram considerados alguns dos presos mais perigosos e altamente vigiados devido a seus crimes serem lendário. O Ministério da Magia , no entanto, recusou-se a admitir que Voldemort havia retornado e colocou a culpa da fuga em Sirius Black. Porque o Ministério não acreditava que Voldemort havia retornado e porque ele agora tinha muitos servos para faz cumprir suas ordens, Voldemort não tentou recuperar a profecia que ele procurava por si mesmo. Como ele considerava tal coisa a ser abaixo dele e ser visto pela comunidade bruxa não era uma opção. Os Comensais da Morte fizeram algumas tentativas de roubar a profecia em questão. Todas as tentativas acabaram em fracasso.

Ataque a Arthur Weasley.gif

Arthur Weasley atacado enquanto vigiava a profecia.

Lúcio Malfoy colocado Broderick Bode, um Inominável, sob a Maldição Imperius para forçá-lo a roubar a profecia. No entanto, o encanto da proteção colocado em itens no Hall das Profecias só permite que aqueles que são mencionados na profecia tenham acesso; Voldemort puniu Avery Jr para assegurar que o plano teria dado certo. Bode foi atingido com uma maldição de confusão mental e foi internado em St Mungo. Quando souberam que Bode estava melhorando, os Comensais da Morte, enviaram um vaso com visgo do diabo para Bode, para evitar que o plano fosse revelado, e estrangulou-o em sua cama de hospital. Mais cedo, Estúrgio Podmore também tinha sido colocado sob a Maldição Imperius para tentar o mesmo, mas foi preso tentando invadir o Departamento de Mistérios. Voldemort também enviou sua cobra, Nagini, e isto acabou por resultar no ferimento de Arthur Weasley, que estava guardando a profecia.

Falsa-visão de Harry Potter.jpg

A falsa visão que Voldemort implantou na mente de Harry.

Assim, Voldemort tentou uma tática diferente. Utilizando sua conexão com Harry Potter, que não conseguiu aprender Oclumência em suas aulas com Severo Snape, devido à sua incapacidade de dominar seus sentimentos. Voldemort plantou uma visão falsa na mente de Harry enquanto ele estava tomando seus exames coruja que sugeriu a sua padrinho (Sirius Black) estava sendo torturado por Lord Voldemort e seus Comensais da Morte no Hall das Profecias no Departamento de Mistérios . Voldemort previu que Harry iria correr para o Ministério para salvá-lo, como ele sabia sobre o complexo de herói de Harry.

Armada de Dumbledore Editar

Harry disse a seus amigos Ronald Weasley e Hermione Granger sobre seu sonho, pretendendo sair imediatamente Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts para salvar Sirius. Hermione, suspeitando que isso fosse uma farsa, conseguiu convencê-lo a primeira a tentar ver se Sirius estava no Largo Grimmauld, nº12. Com a ajuda de Gina Weasley e Luna Lovegood, eles infiltrado no escritório de Dolores Umbridge de modo que Harry poderia contatar Sirius por Pó de Flu. Logo após Monstro informar Harry que Sirius não estava lá - Tendo sido solicitado para enganar Harry por Narcisa Malfoy, que era uma black por nascimento e tratou o carente elfo doméstico com atenção, sendo muito mais gentil do que Sirius - Umbridge chegou com a Brigada Inquisitorial.

Umbridge ataca um centauro.gif

Umbridge prende um centauro com o incarcerous.

Umbridge tentou interrogar Harry, exigindo que o Professor Snape fornecesse-a com Veritaserum. Após ele dizer que não tinha mais doses da poção, e embora ele fingisse não ter ideia do que Harry estava falando quando ele gritou que o inimigo tinha pego "Almofadinhas," ele foi verificar se Sirius ainda estava na sede da Ordem. Uma vez que Snape foi embora, Umbridge ameaçou usar a Maldição Cruciatus em Harry para forçá-lo a falar. Isto levou Hermione a mentir, inventando uma história sobre Dumbledore criando uma arma para usar contra o Ministério e enganando Umbridge para ir para a Floresta Proibida com ela e Harry. Umbridge sumariamente ofendido os centauros que os confrontaram.

Membros da AD.gif

Os membros AD que acompanham Harry ao Ministério.

Com alguma ajuda de Grope Harry e Hermione escapou da floresta e voltaram para o Castelo de Hogwarts. Enquanto isso, Rony, Gina, Luna e Neville Longbottom tinham escapado da Brigada Inquisidorial. Eles usaram uma combinação de magias, feitiços de desarme e uma Azaração para Rebater Bicho-papão, cortesia de Gina. Hermione e Harry estavam cobertos de sangue após a briga na Floresta Proibida, que atraiu testrálios. Os seis membros da AD voaram neles até o Ministério da Magia para tentar salvar Sirius Black.

A Batalha Editar

No Departamento de Mistérios Editar

Voo até o Ministério.gif

Os membros da AD voando em testrálios até o Ministério.

O grupo viajou para o Ministério, onde eles desceram até o nível 9 para o Departamento de Mistérios.

Cópia da profecia.png

Harry recupera a profecia.

No lugar onde Sirius deveria estar, ele viu um orbe com nomes dele e do Lord das Trevas inscritos. Contra o conselho de Hermione para não tocá-lo, ele o pegou. Isto levou doze Comensais da Morte - Rodolfo Lestrange, Rabastan Lestrange, Antonin Dolohov, Avery, Walden Macnair, Crabbe, Nott, Augustus Rookwood, Jugson, Mulciber, segundo-em-comando de Belatri Lestrange, e líder Lúcio Malfoy - a emergir das sombras e exigência de que Harry dar-lhes a profecia.

Hall das profecias Editar

Harry tentou ganhar tempo zombando de Voldemort na frente de seus Comensais da Morte e enfurecendo Bellatrix, mas Lúcio a impediu de matar Potter, e não pelo meio, mas para que ele pudesse proteger a profecia. Em seu argumento, Lúcio e Belatriz quebraram duas profecias, que se transformam em fantasmas e recitaram as profecias. Harry ainda se recusou a entregar a profecia, então Lúcio começou a provocá-lo que a profecia tinha a resposta para sua cicatriz. Que a profecia revelava por que Voldemort quer matá-lo, e a causa da Segunda Guerra Bruxa.

AD Comensais da Morte.gif

Membros da AD lutando contra os Comensais da Morte pela posse da profecia.

Só então, ao sinal de Harry, os seis membros da AD usaram a Maldição Redcto para esmagar as prateleiras das profecias, distraindo os Comensais da Morte, para que pudessem fugir. Enquanto corriam, Nott agarrou o braço de Harry, mas foi atordoado por Hermione e, posteriormente, ferido pelas prateleiras em colapso. Os seis membros se separaram. Harry, Hermione e Neville fugiram para a Câmara do Tempo, sendo perseguidos por Crabbe e Rabastan e selaram a porta atrás deles, mas depois perceberam que eles estavam separados dos outros três. Ron, Gina e Luna tinha tomado outro caminho e Harry, Hermione e Neville não sabiam onde eles estavam.

Perseguição Editar

Na Câmara do Tempo, Harry, Neville e Hermione se esconderam quando Crabbe e Rabastan forçaram a entrada. Como eles começaram a procurar os três, Harry atordoou Crabbe, deixando-o inconsciente. Harry, então abordou Rabastan quando este tentou usar a Maldição da Morte em Hermione. Neville acidentalmente desarmou Rabastan e Harry, mas antes de Rabastan poder recuperar sua varinha, Hermione atordoou ele. Ele foi derrubado em uma redoma de vidro que fez sua cabeça se transformar na de um bebê, e então de volta para um adulto, continuamente envelhecendo e desenvelhecendo.

Os três então correram para um escritório fora da Câmara do Tempo, onde foram golpeados com Azaração do Impedimento por Comensais da Morte, eventualmente, identificados como Antonin Dolohov e Jugson. Hermione silenciados Dolohov para impedi-lo de alertar os outros Comensais da Morte quanto à sua localização, e Harry colocou Jugson em um Feitiço do Corpo Preso. Dolohov, em seguida, atingiu Hermione com uma maldição sem nome que incapacitou ela pelo resto da batalha. Ele quebrou a varinha de Neville, mas foi distraído por Rabastan com cabeça de bebê, dando a Harry a chance lançar o feitiço do corpo preso nele.

Neville pegou a Varinha de Hermione e levou-a enquanto ele e Harry encontraram-se com Ron, Gina e Luna no Câmara do Espaço. Ron tinha sido atingido por uma maldição que o deixou altamente confuso - possivelmente o Feitiço Confundus - e tornozelo de Gina fora quebrado. Eles tinham conseguido fugir dos Comensais da Morte porque Luna usou o Reducto sobre o modelo do planeta Plutão na Câmara do Espaço para ferir seus perseguidores. Enquanto os estudantes se reagruparam, os Comensais da Morte também, trazendo muitos de seu número de maldições incapacitantes.

Bellatrix ameaça Neville.jpg

Belatriz Lestrange ameaça Neville na Câmara da Morte.

O grupo foi então descoberto por vários Comensais da Morte, incluindo Belatriz Lestrange. Eles invadiram uma sala. Harry, Neville e Luna tentaram selar as portas, mas os Comensais da Morte ainda conseguiram entrar. Luna foi explodido com feitiços. Ron, em seu estado confuso, convocou um cérebro de um tanque e foi ferido por ele como ele tentou estrangulá-lo. Harry usou um feitiço para tentar livre Ron do ataque dos cérebros. Em uma tentativa desesperada de fazer com que os Comensais da Morte ficassem longe de seus amigos feridos, Harry correu para a Câmara da Morte, onde foi encurralado por dez Comensais da Morte. Quando Neville chegou para ajudar, Belatriz brevemente usou a Maldição Cruciatus sobre ele em uma tentativa de coagir Harry a entregar a profecia.

Luta na Câmara da Morte Editar

Quando Harry estava prestes a entregar a profecia para Lúcio Malfoy, Sirius Black, Ninfadora Tonks, Remo Lupin, Kingsley Shacklebolt e Alastor Moody chegaram, e a batalha recomeçou.

Comensais vs Ordem.gif

A Ordem da Fênix lutando contra os Comensais da Morte.

Tonks disparou um feitiço contra Lúcio Malfoy dando a Harry e Neville tempo suficiente para escapar, mas Harry foi então agarrado foi por trás por Walden Macnair. Neville apontou a varinha de Hermione com força no na abertura de olho na máscara do Comensal da Morte, fazendo-o liberar Harry com um "grito de dor". Harry, então, foi encurralado por Dolohov, que tinha derrotado e ferido Moody. Dolohov enfeitiçou Neville e usou a mesma maldição que anteriormente usara em Hermione em Harry, embora a maior parte do dano foi bloqueado pelo Feitiço Escudo de Harry. Antes que ele pudesse atacar novamente, Sirius bateu nele e os dois começaram a duelar. Harry bateu Dolohov com um Feitiço do Corpo Preso e Sirius começou a duelar com Belatriz, que tinha acabado de derrotar Tonks. Entretanto, Kingsley duelava contra Rookwood.

Mais uma vez, Harry e Neville tentaram escapar, mas foram parados por Malfoy. Harry passou a profecia para Nevillee depois usou uma Azaração do Impedimento para derrubar Malfoy. Antes que ele pudesse atacar novamente, Remo saltou entre eles e disse a Harry e Neville para pegar os outros membros da AD e sair. Como eles tentaram fazer isso, a profecia caiu do bolso de Neville e quebrou.

Morte de Sirius Black.gif

Sirius caindo através do Véu da Morte.

Neste momento, Albus Dumbledore chegou e a maioria dos combates pararam e os Comensais da Morte que o viram chegar tentaram fugir com medo de que duelar com ele. Dumbledore rapidamente prendeu numerosos Comensais da Morte, mas Belatriz e Sirius continuaram duelando. Bellatrix usau uma maldição para lançar seu primo através do véu que separa o mundo dos vives do mundo dos mortos, matando-o. Remo impediu Harry de saltar após Sirius, dizendo-lhe que seu padrinho estava morto.

Harry perseguiu Belatriz e tentou usar a Maldição Cruciatus nela, em retaliação pelo seu assassinato de Sirius. Ele só lhe causou um breve momento de dor, no entanto, como ele foi incapaz de reunir malícia suficiente para fazer a Maldição Imperdoável ser bem sucedida. Belatriz tentou amaldiçoar Harry, mas foi interrompida pela chegada de Lord Voldemort.

Duelo no Átrio do Ministério Editar

Artigo principal: Duelo no Átrio do Ministério

Duelo no Átrio do Ministério.gif

Dumbledore e Voldemort duelando.

Voldemort tentou matar Harry com a Maldição da Morte, mas o golpe foi impedido; Dumbledore chegou e animou uma estátua de ouro para cobrir Harry e protegê-lo da maldição. Ele animou as outras estátuas da Fonte dos Irmãos Mágicos para imobilizar Belatriz e alertar funcionários do Ministério. Voldemort e Dumbledore duelaram, Fawkes tomar uma Maldição da Morte por Dumbledore em um ponto; como Fênix, a maldição fez com que ele explodisse em chamas e, instantaneamente, renascesse.

Ao longo do duelo, Dumbledore dominou marginalmente, apesar de as suas intenções serem pacíficas, enquanto Voldemort, alimentado pela raiva, lutou para penetrar as defesas de Dumbledore, enquanto que sofrem contra próprio fluxo deste último de assaltos.

Voldemort possuiu brevemente Harry, esperando que Dumbledore iria sacrificar o adolescente em uma tentativa de matá-lo. No entanto, como Harry habitou em seu pesar por seu padrinho, o poder do seu amor forço Voldemort para libertá-lo. Voldemort tomou Belatriz com ele como ele fugiu, mas não antes que ele fosse visto por funcionários do Ministério, incluindo o Ministro da Magia Cornélio Fudge.

Pós-batalha Editar

Profeta Diário confirma retorno de Voldemort.jpg

Profeta Diário confirma o retorno de Lord Voldemort.

Dos doze Comensais da Morte que invadiram o Departamento de Mistérios, todos eles, a exceção de Belatriz Lestrange foram capturados e enviados para Azkaban. Eles falharam em seu objetivo de pegar a profecia feita sobre Harry Potter e Voldemort, mas Dumbledore posteriormente disse a Harry sobre seu conteúdo e importância.

A Ordem da Fênix sofreu a perda de Sirius Black, bem como várias lesões. Olho-Tonto Moody, Ninfadora Tonks e Kingsley Shacklebolt foram todos feridos, mas se recuperaram. O tornozelo quebrado de Gina Weasley e o nariz quebrado de Neville Longbottom foram rapidamente reparados Popoula Pomfrey, e Neville, finalmente, recebeu uma varinha nova. Hermione Granger teve que tomar dez poções para tratar a maldição que a atingiu, o que poderia ter sido fatal, mas fez uma recuperação completa.

Ele também estava zangado com Severus Snape para que ele percebeu como só tardiamente ajudar Harry e a ordem, e para Dumbledore por não ter contado a ele sobre a profecia antes. Ele também estava chateado ao saber que ele deve ser o único a matar Voldemort, ou ser morto por ele.

Depois da Batalha do Departamento de Mistérios, o Ministério da Magia foi forçado a admitir publicamente que Dumbledore e Harry estava certo o tempo todo, e que Voldemort tinha retornado. Dolores Umbridge foi removida de Hogwarts e Dumbledore foi reintegrado como diretor, bem como em todas as suas outras posições. O ineficaze Cornélio Fudge foi logo substituído por Rufo Scrimgeour como Ministro da Magia.

Esta batalha marcou o início de uma guerra aberta no mundo bruxo.

Aparições Editar

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória