Fandom

Harry Potter Wiki

Festa de Natal do Clube do Slugue

2 045 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

"O teto e as paredes tinham sido forrados com panos esmeralda, carmim e dourado, para dar a impressão de que se encontravam embaixo de uma vasta tenda. A sala estava cheia e abafada, imersa na luz vermelha que o ornamentado lampião dourado projetava do teto, onde esvoaçavam fadinhas de verdade, cada qual um pontinho brilhante de luz. Uma cantoria, aparentemente acompanhada por bandolins, subia de um canto distante; uma névoa de fumaça de cachimbo pairava sobre vários bruxos idosos absortos em conversa, e numerosos elfos domésticos se deslocavam entre uma floresta de joelhos, sombreados pelas pesadas travessas de prata com comida que seguravam, parecendo mesinhas móveis."
—Descrição da festa[fnt]

Uma festa de Natal foi dada pelo professor Horácio Slughorn na noite de 20 de dezembro de 1996[1] em sua sala na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts para seus alunos favoritos, o Clube do Slugue, assim como os outros membros do clube e outros associados. Harry Potter, um dos convidados, ouviu uma conversa entre Severo Snape e Draco Malfoy durante a festa que o fez suspeitar se os dois estariam conspirando sob as ordens de Lord Voldemort.

Acontecimentos de fundoEditar

PlanejamentoEditar

"Como eu ia dizendo, Slughorn vai dar uma festa de Natal, Harry, e dessa você não vai ter jeito de escapar, porque ele me pediu para verificar as suas noites livres, e vai marcar a festa numa noite em que você possa ir."
Hermione Granger para Harry Potter sobre a festa de Natal[fnt]

Horácio Slughorn voltou para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts da aposentadoria no ano letivo de 1996 a 1997, e voltou ao seu velho posto de Mestre das Poções. Ele imediatamente começou a identificar os alunos que eram famosos, que tinham bons contatos, ou que eram particularmente talentosos para poder escolher seus favoritos, conhecidos como o Clube do Slugue. Slughorn gostava de dar jantares a estes alunos e de cultivar os seus talentos, na esperança de que algum dia eles conseguiriam preencher o potencial que vira neles e que se tornariam contatos valiosos.

Desk32xx9.jpg

Um encontro do Clube do Slugue em 1996.

Como o famoso “Menino Que Sobreviveu”, Harry Potter chamou a atenção de Slughorn imediatamente. Harry, contudo, sempre encontrou desculpas para não ir aos jantares, e até mesmo usava sua posição como Capitão do Time de Quadribol da Grifinória para marcar treinos na mesma hora dos jantares. Ao planejar sua festa de Natal, Slughorn quis se assegurar que Harry fosse na festa, então perguntou a Hermione Granger, membro do Clube do Slugue e amiga de Harry, quando ele estaria disponível.[2]

NamorosEditar

Rony: "Clube do Slugue. É patético. Ora, eu espero que você se divirta na festa. Por que não experimenta namorar com o McLaggen, aí o Slughorn pode proclamar vocês dois Rei e Rainha do Clu... "
Hermione: "Ele nos deu permissão para levar convidados, e eu 'ia' convidar você, mas, se acha que é bobeira, então nem vou me incomodar! ... é óbvio que se você prefere que eu 'namore o McLaggen'…"
Rony: "Não, não prefiro."
Hermione Granger e Rony Weasley antes da festa[fnt]

Quando Hermione falou da festa para Harry e Rony Weasley, Harry ficou frustrado, mas Rony ficou irritado, já que o Professor Slughorn o ignorara completamente. Hermione interrompeu suas críticas invejosas dizendo a ele que iria chamar a ele para ir com ela, enquanto Rony pareceu “envergonhado, mas, ao mesmo tempo, muito satisfeito consigo mesmo”. Harry se perguntou como isto afetaria a amizade dos três, mas a única diferença foi que Hermione e Rony ficaram um pouco mais educados um com o outro.

Draco Malfoy and Severus Snape at Slughorn christmas party.JPG

Horácio Slughorn, Severo Snape e Draco Malfoy na festa.

Harry não sabia quem traria para a festa. Ele estava começando a se apaixonar por Gina Weasley, mas ela estava namorando com o Dino Thomas, e Romilda Vane, que tinha uma queda obsessiva por ele, repetidamente e pesadamente deu pistas de que gostaria que ele a convidasse. Enquanto isso, Rony começou a falar com Hermione de um jeito muito frio desde que a irmã disse que ela tinha beijado Vítor Krum, e ainda mais depois de Harry fingir derramar um pouco de Felix Felicis para ajudar com o Quadribol; depois de Harry contar a verdade, Rony acusou Hermione de não botar fé nele, apesar dele mesmo não acreditar em si. Isto acabou fazendo com que Rony ficasse com Lilá Brown na comemoração, que fez Hermione, cheia de ciúmes e raiva, conjurar um bando de canários para atacá-lo. Os dois pararam de se falar, e Rony começou a se exibir com Lilá em todo lugar.[2]

Logo depois, Hermione avisou a Harry de que tinha ouvido Romilda Vane discutindo os planos de dar Poção do Amor a Harry com outras garotas, todas esperando que ele as convidasse para a festa de Natal. Hermione disse a Harry para tomar cuidado e convidar alguém para ir com ele logo para desencorajar as outras garotas. Quando eles deixaram a biblioteca e foram para a sala comunal da Grifinória, Romilda imediatamente tentou dar a Harry uma água de gilly, e lhe deu uns Caldeirões de Chocolate, que ele não comeu.

Harry: "Ele pediu para levarmos convidados, então achei que você talvez… quero dizer… quero dizer, como amigos, sabe. Mas se você não quiser…"
Luna: "Ah, não, adoraria ir com você como amiga! Ninguém nunca convidou para uma festa antes, como amiga! Foi por isso que você tingiu a sobrancelha, para a festa? Devo tingir a minha também?"
Harry: "Não, foi um engano. Vou pedir a Hermione para consertar para mim. Então, encontro você no saguão de entrada às oito horas."
Harry Potter convidando Luna Lovegood para a festa.[fnt]

No próximo dia, Harry convidou Luna Lovegood para ir à festa com ele como amigos, ao encontrá-la consolando Hermione, depois dela sair chorando da aula de Transfiguração por Rony ter imitado ela se levantando e sentando sem parar toda vez que a Profa. McGonagall fazia uma pergunta. Pirraça ouviu a conversa dos dois, e começou imediatamente a espalhar a notícia. No almoço daquele dia, Hermione disse em uma conversa com Parvati Patil que ela ia à festa com Córmaco McLaggen, um grifinório mais velho que Rony desprezava, para fazer ciúmes em Rony.[3]

FestaEditar

Horace3.JPG

Harry e Slughorn na festa.

A festa de Natal começou às oito horas na noite e aconteceu na sala do Prof. Slughorn. Harry encontrou Luna no saguão de entrada, onde as outras garotas olharam com ressentimento aos dois, que foram em direção à festa. Quase assim que entraram, Slughorn veio cumprimentar Harry e o levou para apresentá-lo aos ex-alunos, sem dizer uma palavra a Luna.

SanguiniLunaWorple.jpg

Sanguini, Luna Lovegood, e Eldred Worple na festa.

Slughorn apresentou Harry primeiro para o autor Eldred Worple e para o vampiro Sanguini. Quando Worple tentou convencer Harry a deixá-lo escrever sua biografia, Harry recusou, e foi até Luna para procurar Hermione com ela. Hermione ficou aliviada de vê-los, tendo acabado de deixar Córmaco McLaggen debaixo do visgo.

Hermione: "Harry! Aí está você, que bom! Oi, Luna!"
Harry: "Que aconteceu com você?"
Hermione: "Ah, acabei de fugir... quero dizer, acabei de deixar o Córmaco. Debaixo do visgo. McLaggen faz Grope parecer um cavalheiro. Vamos por aqui, poderemos ver quando ele vier, é tão alto..."
— Harry, Hermione, e Luna[fnt]

Os três pegaram taças de hidromel e foram até a Profa. Trelawney, que estava bêbada e começou a reclamar sobre ter que ensinar Adivinhação com Firenze. Hermione então viu McLaggen procurando por ela, e correu; Harry negou ter visto ela quando McLaggen o perguntou, e saiu de perto de Luna e de Trelawney. Slughorn chegou perto dele de novo, elogiando suas habilidades com Poções para o Prof. Snape, que suspeitou de Harry ao elogio de Slughorn, desde que Harry nunca tinha mostrado talento com Poções antes. Ele também desdenhou o objetivo de Harry de se tornar um Auror.

Slug Club Christmas party.jpg

As gêmeas Carrow assistem à interrupção de Filch e Malfoy.

Luna interrompeu e aconselhou a Harry a não se tornar um Auror, já que ela acreditava que os aurores faziam parte da Conspiração Dentepodre: um plano que supostamente poria abaixo o Ministério da Magia usando magia das Trevas e gomose. Harry riu tanto que inalou um pouco de seu hidromel pelo nariz.

Nesta hora, Argo Filch começou a trazer Draco Malfoy, que tinha pego tentando penetrar na festa, e a quem Harry notou que estava pálido e cansado. Slughorn deu a Draco permissão para ficar, mas Snape rapidamente o tirou para falar a sós com ele. Harry disse a Luna que ia ao banheiro, e os seguiu.

Slug Party.jpg

Severo Snape, Draco Malfoy e Argo Filch na festa.

Snape e MalfoyEditar

Snape: "Escute aqui. Estou tentando ajudá-lo. Jurei a sua mãe que o protegeria. Fiz um Voto Perpétuo, Draco -"
Draco: "Pois parece que vai ter de quebrá-lo, porque não preciso da sua proteção! A tarefa é minha, eu a recebi dele e estou cumprindo-a. Tenho um plano que vai dar resultado, só está levando um pouco mais de tempo do que pensei!"
Severo Snape e Draco Malfoy discutindo.[fnt]

Harry ouviu uma conversa na qual Snape tentou oferecer ajuda a Draco com a missão que Lord Voldemort o deu, e admitiu que fez um Voto Perpétuo com a mãe de Draco, Narcissa Malfoy para protegê-lo, mas Draco recusou sua ajuda. Ele acusou Snape de tentar roubar sua glória; Snape disse que estava agindo como uma criança. Quando ele falou sobre a recente prisão do pai de Draco, que deixou ele falando sozinho na mesma hora.[3]

Harry voltou para a festa depois, e soube de um McLaggen irado que Hermione já tinha saído.[4]

ConsequênciasEditar

Arthur: "Já lhe ocorreu, Harry, que Snape estivesse simplesmente fingindo..."
Harry: "Fingindo oferecer ajuda, para poder descobrir o que Malfoy está fazendo? É, achei que o senhor iria dizer isso. Mas como vamos saber?"
Remo: "Não temos de saber. Dumbledore é que tem. Ele confia em Severo, e isto deve ser suficiente para todos nós."
Arthur Weasley e Remo Lupin sobre o que Harry ouviu[src]


Harry Potter já tinha suspeitas de que Draco Malfoy estava fazendo alguma coisa, e não confiava em Severo Snape apesar de seu papel como espião para a Ordem da Fênix. Na Toca, enquanto passava as férias de Natal, Harry repetiu o que ouviu para Rony, Arthur Weasley, e Remo Lupin. Arthur e Remo o lembrou de que Alvo Dumbledore confiava em Snape, a quem pensaram eles estava tentando manipular Draco para poder tirar informações dele. Depois de voltar para Hogwarts, Harry contou a Hermione o que tinha ouvido, e ela concordou com a Ordem.[4]

No aniversário de Rony em 1997, Rony tomou a Poção do Amor dos Caldeirões de Chocolate que Romilda Vane tinha dado a Harry na esperança de fazê-lo convidá-la para a festa de Natal. Isto levou ao envenenamento de Rony – que foi uma das fracassadas tentativas de Draco de assassinar Dumbledore, o plano de que tinha se recusado a falar com Snape.

Participantes ConhecidosEditar

AnfitriãoEditar

Membros do Clube do SlugueEditar

Antigos membros do Clube do SlugueEditar

ConvidadosEditar

Atrás das cenasEditar

GinnySlughornParty.jpg

Gina Weasley na festa.

ApariçõesEditar

Notas e referênciasEditar

  1. HPL: Linha do tempo
  2. 2,0 2,1 Harry Potter e o enigma do Príncipe, C. 14
  3. 3,0 3,1 Enigma do Príncipe, C. 15
  4. 4,0 4,1 Enigma do Príncipe, C. 16
  5. Snape é dito ser um antigo membro do Clube do Slugue no script de enigma do Príncipe liberado no site da Warner Bros. Awards

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória