FANDOM


Gódrico Grifinória foi o fundador da Escola de Magia de Hogwarts, juntamente com Salazar Sonserina, Rowena Corvinal e Helga Lufa-Lufa. Na sua casa, as qualidades exigidas eram coragem e bravura. Ele e outros fundadores inicialmente trabalhavam em harmonia, mas começou a ver um conflito entre ele e Sonserina. Sonserina queria que fosse selecionados estudantes exclusivamente de sangue-puro, enquanto que Grifinória, defendia que qualquer um que demonstrasse habilidades mágicas era digno de entrar em Hogwarts. O conflito culminou com a partida de Sonserina de Hogwarts e a criação da Câmara Secreta, lar do Basilisco.

HistóriaEditar

Gódrico Grifinória veio de um pântano que agora é conhecido como Godric's Hollow, uma pequena vila de West Country, na Inglaterra. Ele foi descrito como sendo "o melhor duelista do seu tempo". Gódrico Grifinória é um co-fundador da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, na saga Harry Potter, da escritora inglesa J. K. Rowling. Grifinória, descrito pelo Chapéu Seletor como "o Valente Grifinória das Charnecas", foi um grande feiticeiro que, em conjunto com Salazar Sonserina, Rowena Ravenclaw e Helga Lufa-Lufa, fundou a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Foi o fundador da casa Grifinória, dos "corajosos e ousados, onde a coragem, bravura e respeito estão sempre acima de tudo". Como fundador da escola, acreditava que qualquer um que mostrasse habilidade mágica poderia estudar em Hogwarts. Era apaixonado por Rowena Ravenclaw e o melhor amigo de Helga Lufa-Lufa e Salazar Sonserina, o que é mais um motivo da rixa entre a Grifinória e a Sonserina.

De acordo com Rowling, a escritora da saga, "Gódrico Grifinória era o duelista mais competente do seu tempo e um grande lutador pelos direitos dos trouxas (conta-se que Grifinória seria nascido-trouxa)". Entretanto, o seu grande amigo, Salazar Sonserina, tinha uma ideia diferente. Para Sonserina, o ensino da magia deveria ser restrito aos integrantes de famílias inteiramente de bruxos, não admitindo que nascido-trouxas ou mestiços fizessem parte da escola, o que contrariava as concepções de Grifinória e das outras duas fundadoras. Sonserina então saiu da escola, deixando uma câmara em Hogwarts que seria aberta por um futuro herdeiro. A câmara, que recebeu a alcunha de "Câmara Secreta", conteria um monstro que assassinaria os nascido-trouxas quando aberta.