Fandom

Harry Potter Wiki

Horácio Slughorn

2 045 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

O Professor Horácio E. F. Slughorn foi o Mestre de Poções e Diretor da Sonserina na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Ele foi o professor de Poções por cinquenta anos e Diretor da Sonserina antes de se aposentar em 1981. Ele era amigo e colega de Alvo Dumbledore, que o convenceu a retornar ao posto em 1996. Dumbledore se alistou contou com a ajuda de Harry Potter para realizar isso, junto com a ajuda das lembranças carinhosas do próprio Slughorn em relação à mãe de Harry, Lílian Evans. Depois de obter uma lembrança de Slughorn, se tornou claro para Harry e Alvo Dumbledore que um jovem Tom Riddle usou a informação que tirou do professor para conseguir a imortalidade. Durante a Batalha de Hogwarts, Slughorn se juntou aos defensores de Hogwarts e travou um duelo com seu antigo aluno.

BiografiaEditar

InfânciaEditar

Não é certo quando Horácio Slughorn entrou em Hogwarts. Ele entrou, é certo, quando tinha onze anos de idade, como a maioria dos bruxos na Grã-Bretanha fizeram. Na cerimônia de Seleção, ele foi colocado na Sonserina; ele logo provou ser um aluno excepcional, e um preparador de poções particularmente dotado. Tanto que após de se formar na escola, ele escolheu lecionar sua matéria favorita. Em sua juventude, era tradicional para um jovem bruxo, após se formar na escola, viajou pelo mundo e aprendeu com bruxos estrangeiros. Se Slughorn seguiu a tradição, ele seguiu este costume antes de vir lecionar em Hogwarts. Muito pouco se sabe sobre a juventude de Slughorn, além de que tomou a poção Felix Felicis uma vez aos vinte e quatro anos e outra aos cinquenta e sete, e que estes foram dois dias perfeitos.[3]

Carreira profissional em HogwartsEditar

Youngslughorn.jpg

Slughorn durante o tempo em que ensinava a Tom Riddle.

De volta à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Horácio tomou a posição de Mestre de Poções, e se tornaria depois o Diretor da Sonserina. Ele se juntou á escola mais ou menos na mesma época que Alvo Dumbledore. Slughorn fundou um pequeno clube que consistia de alunos que ele pensava serem particularmente talentosos, ambiciosos, inteligentes, ou simplesmente bem relacionados. Este grupo ficaria conhecido como o Clube do Slug. Aos mostrar um favoritismo extremo em relação a estes alunos, Slughorn tirou vantagem de sua fama ou sucesso eventuais, colhendo recompensas como ingressos para o Quadribol grátis, caixas de doces ou simplesmente a chance de dar conselhos a oficiais importantes no Ministério da Magia.[3]

1942.jpg

Horácio Slughorn em 1942.

Ele costumava ignorar os alunos que não acreditava que teriam sucesso, como Arthur Weasley, e depois o filho do próprio, Rony, no entanto, ele costumava tratar todos os seus alunos razoavelmente bem. Durante o ano letivo de 1942, ele organizou uma ceia em seu escritório com um grupo composto a maioria por alunos da Sonserina; o mais proeminente entre eles foi Tom Servolo Riddle. Depois de os dispensar de seu escritório, Tom permaneceu e perguntou a Slughorn sobre Horcruxes, e se elas o fariam mais poderoso se ele criasse seis, assim, teria sete pedaços separados de sua alma escondidos pelo mundo, já que sete é o número mais altamente mágico. Apesar de se assustar com o interesse de Riddle com magia das Trevas como aquela, ele relutantemente aceitou em lhe dar uma visão geral sobre as Horcruxes, na condição de que tudo o que discutiram ficaria entre eles. Usando esta informação, Riddle depois partiu para criar seis Horcruxes, se tornando imortal. É provável que Riddle já sabia a maioria do que precisava saber sobre Horcruxes, mas o fato de Slughorn lhe dar algum do conhecimento que fez isto possível era uma verdade terrível que ele carregaria consigo para o resto da vida.[3]

Slughorn ficou na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts por muitos anos depois da partida de Riddle, podendo lecionar a muitos alunos talentosos, incluindo seu eventual sucessor como Mestre de Poções, Severo Snape, e a melhor amiga do mesmo, Lílian Evans, que ele se afeiçoou particularmente por sua bondade e talento natural em Poções. O seu envolvimento na Primeira Guerra Bruxa é desconhecido. Se, no entanto, foi o mesmo da Segunda Guerra, ele provavelmente se escondeu, com medo dos Comensais da Morte tentarem recrutá-lo.

Aposentadoria e fugaEditar

Hhh.jpg

Horácio com Alvo Dumbledore, um velho amigo.

Depois do ano letivo de 1981, Slughorn se demitiu de ambas as posições na escola. Em 1995, ele iniciou um estilo de vida fechado, se mudando de uma casa trouxa para outra, usando seu muitos e variados contatos para manter uma vida confortável. Suas razões para fazê-lo foi o medo de Voldemort tentar recrutá-lo junto aos Comensais da Morte. Ele se sentiu tão culpado, de fato, que ele modificou a própria memória do incidente em razão de esconder sua culpa dos outros e também para se proteger da vergonha terrível que ele sentia.[3]

Rooomclass.jpg

Harry Potter e Horácio Slughorn em um de seus esconderijos.

Slughorn não foi capaz de se esconder por muito tempo, já que foi descoberto em uma noite no verão de 1996 quando Alvo Dumbledore e Harry Potter vieram o chamar na povoado trouxa Budleigh Babberton. Em uma tentativa de fugir de Dumbledore, Slughorn encenou uma luta, quebrando a casa, espalhando sua última e cara garrafa de sangue de dragão nas paredes e se disfarçando de poltrona. Ele esperava que Alvo fosse induzido a pensar que os Comensais da Morte tinham o sequestrado ou o matado; em sua pressa, contudo, ele se esqueceu de conjurar a Marca Negra sobre a casa. Dumbledore viu através da encenação e forçou Horácio a se revelar. Dumbledore fingiu ir ao banheiro, deixando Harry a sós com Slughorn. Depois de conversar com Harry, Slughorn percebeu que tinha tudo a ganhar voltando a Hogwarts, como uma vida mais confortável, e não podendo fugir mais, além da oportunidade de recutar "o Eleito" ao Clube do Slugue. Ele aceitou voltar à escola sob a condição de receber um aumento de salário, e de receber o o velho escritório da Professora Merrythought.[3]

Fora da aposentadoriaEditar

Horace Slughorn, disguise himself as a chair.gif

Slughorn se escondendo, disfarçado como poltrona.

Slughorngreathall.jpg

Horácio Slughorn no Salão Principal.

Em sua primeira aula de Poções depois de voltar a Hogwarts, Slughorn ofereceu um frasco de Felix Felicis para o aluno que conseguisse preparar uma Poção do Morto-Vivo aceitável. Usando dicas escritas em uma cópia emprestada de um misterioso Príncipe Mestiço de Estudos Avançados no Preparo de Poções, Harry impressionou Slughorn com sua tentativa e ganhou a Poção da Sorte. Slughorn permaneceu impressionado com Harry na aula, acreditando que o jovem bruxo herdara a disciplina e habilidade de sua mãe, Lílian. Depois naquele ano, Dumbledore daria como tarefa a Harry extrair a lembrança da conversa por completo entre o Professor e Tom Riddle do relutante Mestre de Poções. Depois de uma primeira tentativa desastrosa na qual Slughorn gritou com Harry e bateu a porta com força atrás dele, Slughorn ficou decidido em não dar a Harry outra oportunidade de questioná-lo, ficando fora de seu caminho na aula e parando de dar todas aquelas ceias do Clube do Slugue. Apesar disso, ele consentiu em ajudar Harry a ajudar Rony após este tomar uma Poção do Amor, Harry não teve a oportunidade de perguntar mais uma vez sobre a lembrança, já que Rony foi subsequentemente envenenado pelo hidromel que Slughorn "se esqueceu" de dar a Dumbledore no Natal.

Horace memories-HBP.jpg

Horácio retirando uma lembrança para Harry.

Felizmente, a chance e a Felix Felicis deram a Harry a oportunidade perfeita.[3]Em uma noite na Cabana do Hagrid, depois de com Harry para dar o adeus a Aragogue, Slughorn relutantemente passou a lembrança sobre Voldemort a Harry depois de ficar muito bêbado. Harry, em troca, ajudou Slughorn a obter algum veneno de Acromântula valioso de Aragogue. Harry então passou a lembrança a Dumbledore. Ao fim do ano letivo, Dumbledore foi morto por Severo Snape. Slughorn ficou profundamente abalado com isso, comentando que ele pensava que conhecia Snape. Ele também expressou suas preocupações que os pais não permitiriam seus filhos voltarem a Hogwarts. Contudo, ele ficou na escola e retomou seu velho posto como Diretor da Sonserina.[3]

Batalha de HogwartsEditar

PowerSlug.JPG

Slughorn lançando Protego Maxima na Batalha de Hogwarts.

Slughorn ficou em Hogwarts sob a direção de Severo Snape como Diretor e, como o resto dos professores, tentou proteger os alunos de Snape e dos Carrows. Quando o Lorde das Trevas invadiu o castelo com seu exército, pensou-se logo que Slughorn fugiu covardemente, mas ele foi na verdade em Hogsmeade pedir por reforços. Ele voltou ao castelo como o líder de muitos moradores e comerciantes do vilarejo, vários alunos da Sonserina que também voltaram para defender a escola, e os amigos e as famílias dos alunos e dos funcionários que já estavam lutando.

Slughorn at Great Hall.jpg

Slughorn durante o ano letivo de 1997 a 1998.

Slughorn travou um duelo com o Lorde das Trevas, ladeado por Minerva McGonagall e Quim Shacklebolt, provando ser um mestre nos duelos, capaz de se defender até mesmo contra o bruxo das Trevas mais poderoso de todos os tempos.[5]
Flitwick Sprout Slughorn.jpg

Sprout, Flitwick e Slughorn após a Batalha

Depois da batalha, ele se sentou no Salão Principal junto de Pomona Sprout e Fílio Flitwick, dizendo como tinha perdido sua varinha na luta, mas como acabou encontrando-a nas dobras de suas vestes e "despachou" alguns Comensais da Morte.[6]

Vida após a guerraEditar

Muito pouco se sabe sobre a vida do Professor Slughorn após a Segunda Guerra Bruxa, embora seja possível presumir que ele permaneceu sendo o Diretor da Sonserina e Mestre das Poções sob a direção da nova diretora, Minerva McGonagall.

Habilidades e poderes mágicosEditar

Horácio Slughorn foi um bruxo muito poderoso, com uma larga variedade de poderes. Lúcio Malfoy o elogiou a seu filho, Draco Malfoy, falando de sua competência, e Alvo Dumbledore, que era considerado o bruxo mais poderoso no mundo, respeitava as habilidades de Slughorn, dizendo que ele foi um bruxo extremamente capaz.

  • Oclumência: Horácio foi um oclumente extremamente poderoso, sendo capaz de bloquear a mente mesmo contra um bruxo do calibre de Alvo Dumbledore.
  • Modificação de Lembrançaa: Horácio era capaz de modificar a própria lembrança para fazê-la parecer menos horrível, como visto no caso do Tom Riddle perguntando-o sobre as Horcruxes. No entanto, isto foi feito rudemente, já que partes da lembrança viraram nuvens, em vez de uma visão normal.
  • Transfiguração: Apesar de sua corpulência, Horácio era extremamente ágil, sendo capaz de criar uma cena de luta em sua casa em questão de segundos e de se transformar em uma poltrona; a transfiguração humana é algo que apenas um mestre daquela arte é capaz.[3]
  • Duelo: Slughorn era duela tão bem que foi capaz de sobreviver à Batalha de Hogwarts e conseguir enfrentar até mesmo Lord Voldemort. No entanto, deve ser observado que ele lutou junto com Minerva McGonagall e Quim Shacklebolt. Além de que, mesmo que Voldemort tenha tido a Varinha das Varinhas em mão naquela hora, a fidelidade da varinha não pertencia ao Lorde das Trevas. Além disso, o sacrifício de Harry Potter estava protegendo Voldemort de matar qualquer um que se opunha a ele.[5]
  • Preparador de Poções: Talvez o maior dos talentos de Slughorn seja como Preparador de Poções. Slughorn era capaz de criar Poções extremamente complicadas, como, por exemplo, a Poção Felix Felicis, a Poção Polissuco, e a Amortência. Ele foi um mestre em Poções, e ensinou a matéria para alunos de nível de N.I.E.M., e pode ser considerado semelhante a Severo Snape no assunto, já que entendeu e concordou com as edições de Snape em uma cópia de Estudos Avançados no Preparo de Poções. Ele também entendia completamente a Terceira Lei de Golpalott de cor e era perfeitamente proficiente em antídotos, já que era capaz de recitar uma longa e complicada teoria deles em sua classe de N.I.E.M. e sem muito esforço preparar um antídoto perfeito para uma Amortência muito poderosa.[3]
  • Magia não-verbal: Em 1996, Slughorn e Alvo Dumbledore restauraram completamente uma sala inteira que foi feita em pedaços com um movimento com um sem dizer nada. Ele extraiu uma de suas lembranças de sua têmpora para Harry Potter sem nenhum encantamento. Também é mencionado que Horácio não disse nada durante seu duelo com Voldemort.
  • Feitiços: Slughorn era capaz de consertar uma sala inteira com um único feitiço (com a ajuda de Dumbledore), deu a Harry uma de suas lembranças e lançou o feitiço Anapneo facilmente e com sucesso.
  • Defesa Contra as Artes das Trevas: Já que Slughorn sabia muita coisa sobre a teoria da magia das Trevas e era capaz de duelar o bruxo das Trevas mais poderoso de todos os tempos, pode-se presumir que ele sabia muito de magia defensiva avançada. Ele também ajudou a lançar um escudo poderoso sobre Hogwarts que manteve Voldemort e seu exército fora da escola temporariamente.
  • Conhecimento sobre as Artes das Trevas: Considerando que Slughorn foi quem disse ao jovem Tom Riddle o que uma Horcrux era, é óbvio que o Prof. Slughorn tinha um nível alto de conhecimento sobre as Artes das Trevas. Embora Tom Riddle fosse um aluno brilhante, ele não foi capaz de descobrir a natureza real das Horcruxes sem a ajuda de Slughorn.

PossesEditar

VarinhaEditar

Horace's Wand.jpg

Varinha de Slughorn.

Slughorn provavelmente comprou sua varinha da loja Olivaras aos onze anos, antes de iniciar sua educação na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts como muitos bruxos da Grã-Bretanha. É composta de madeira e núcleo desconhecidos. Há duas pontas saindo de onde se pega a varinha, que podem estar fazendo referência ao sobrenome do professor, Slughorn (Slug - lesma; horn - chifre).

AmpulhetaEditar

SlughornsHourglass.jpg

Sua ampulheta mágica.

A ampulheta de Slughorn é um relógio composto de dois recipientes de vidro ligados por uma passagem estreita, com um fluido verde fluindo dentro da ampulheta e com um desenho de serpente fora dela (em referência à Sonserina, cuja casa ele é Diretor). Ele tem a ampulheta desde antes de Tom Riddle começar a estudar em Hogwarts. A areia corre de acordo com a qualidade da conversa: se for estimulante, a areia corre devagar, e vice-versa.

ApariçõesEditar

Wiki.png
A Harry Potter Wiki tem 18 imagens relacionadas a Horácio Slughorn.

Notas e referênciasEditar

  1. Slughorn lecionou a Tom Riddle quando ele estava na escola, então ele devia ter pelo menos 18 anos quando Riddle começou a frequentar a escola em 1938, e Dumbledore comentou no Capítulo 4 de "o enigma do Príncipe" que Horácio não era tão velho como ele
  2. No Pottermore - "New from J.K. Rowling: Pure-Blood", os Slughorns estão incluídos no Diretório Puro-Sangue publicado na Grã-Bretanha nos anos 1930, isto mostra que ele deve ser um bruxo puro-sangue.
  3. 3,00 3,01 3,02 3,03 3,04 3,05 3,06 3,07 3,08 3,09 3,10 Harry Potter e o enigma do Príncipe
  4. Harry Potter e o enigma do Príncipe Disco 2, Cenas adicionais, Harry e Hermione Discustem o Mapa do Maroto.
  5. 5,0 5,1 Harry Potter e as Relíquias da Morte
  6. Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2


Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória