Fandom

Harry Potter Wiki

Isolt Sayre

2 045 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

"William apelidou a sua filha de "Morrigan" quando ainda ela era uma criança, pela sua afinidade com todas as coisas da natureza."
—Isolt gostava da natureza[fnt]

Isolt Steward(nascida Sayre) nasceu em 1603, foi uma bruxa Puro-sangue Irlandesa. Ela é filha de William Sayre com Rionach Sayre(nascida Gaunt), e esposa de James Steward. Ela e seu marido são os fundadores da Escola de Magia e Bruxaria Ilvermorny.

Biografia Editar

Linhagem de sua FamíliaEditar

A Mãe de Isolt Sayre, Rionach Sayre, nasceu na Casa Gaunt, uma família puro-sangue que é descendente direta de Salazar Sonserina, um dos quatro fundadores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Rionach, no entanto, se separou de sua família e rejeitou a crença deles em relação a superioridade puro-sangue e escolheu ajudar Trouxas que precisassem de sua ajuda.

O Pai de Isolt, William Sayre, foi um descendente direto da bruxa Irlandesa Morrigan, uma Animago que podia tomar a forma de um corvo

JuventudeEditar

"A sua infância foi muito pura, com pais que a amavam e que gostavam de ajudar os seus vizinhos trouxas sempre que precisassem com curas mágicas e vivendo como iguais."
—Vida de Isolt antes da morte de seus pais [fnt]

Isolt Sayre nasceu por volta do ano de 1603. Seu pai a apelidou de "Morrigan", uma ancestral sua, que tinha as mesmas afinidades que isolt, um amor com relação a tudo da natureza. Ela cresceu no Vale de Coomloughra, Condado de Kerry na Irlanda, Isolt teve uma ótima infância, muito amada por seus pais e convivia com uma comunidade de Trouxas, para quem seus pais produziam secretamente curas mágicas.

Infelizmente, por volta do ano de 1608 quando Isolt tinha apenas 5 anos de idade, a casa de campo da família foi atacada e incendiada. Nesse incidente, os pais de isolt morreram trágicamente; Sayre foi resgatada da casa em chamas pela irmã estranha de sua mãe, Gormlaith Gaunt. Gaunt levou Sayre para um vale vizinho chamado Coomcallee, onde Gormlaith a criou , usando Magia das Trevas para forçar a sua cooperação e o seu isolamento.

Gormlaith Gaunt takes in Isolt Sayre.png

Gaunt acabou se provando uma guardiã instável e cruel. Ela era uma Supremacista Puro-sangue, acreditava que a bondade de sua irmã ajudando trouxas poderia levar isolt para um "caminho perigoso", algo que ela não podia aceitar, que era se casar com um trouxa. Quando Isolt foi se tornando mais velha, percebeu que a sua tia a sequestrou e botou fogo onde a família morava, e consequentemente causando a morte de seus pais. Gaunt fazia Sayre á assistir em enquanto ela lançava Maldições ou Azarações em qualquer trouxa ou animal que chegassem muito perto de sua casa. A Vila aprendeu a manter distância da casa de campo da Gaunt, e o único contato que Isolt tinha com qualquer um alem de sua tia, eram com alguns meninos da vila, que jogavam pedras nela enquanto esta brincava no jardim.

Quando Sayre fez Onze anos, por volta de 1614, a sua Carta de Hogwarts chegou. Mas, sua tia se recusou a permitir que ela fosse, ou que obtesse uma varinha, acreditou que ela mesma poderia ensinar Magia e que assim seria melhor do que arriscar enviando-a um "Estabelecimento igualitário cheio de Trouxas". Gaunt estudou em Hogwarts, e disse várias coisas a sayre sobre ela, mas grande parte, era denegrindo a imagem da escola, lamentando que os planos de Salazar Sonserina para a pureza dos bruxos não pode ser aplicada na escola. Isso levou Sayre, que foi isolada e maltratada por sua tia durante anos, a acreditar que Hogwarts poderia ser algum tipo de paraíso, ela gastava muito de seu tempo na adolescência imaginando como seria estudar em Hogwarts.

Fuga para o Novo Mundo Editar

"Determinada a se esconder de uma maneira em que sua mãe adotiva nunca a encontrasse, Isolt cortou os seus cabelos. Se transfigurou em um menino trouxa chamado Elias Story, ela se lançou ao mar em direção ao Novo Mundo no navio Mayflower em 1620."
—Isolt foge de sua tia e parte para uma nova jornada no Novo Mundo[fnt]

Eventualmente, após doze anos com Gormlaith, Sayre finalmente tomou coragem para escapar, ela conseguiu aprender o suficiente sobre magia, para poder escapar. Ela roubou a varinha de sua tia, e deixou a Casa de Campo e fugiu em direção ao país. O Único objeto que ela levou consigo foi um broche de ouro no formato de nó górdio que pertenceu a sua mãe. Temendo a prodigiosa habilidade de rastreamento de sua tia e a sua punição que viria loga a seguir, Sayre fugiu para a Inglaterra, mas logo a sua tia estava em seu encalço. Determinada a se esconder se tia cruel, ela cortou todo o seu cabelo e, por cinco anos, pretendia ser uma garoto trouxa, com o nome de "Elias Story" (uma anagrama para "Isolt Sayre"). Ela então entrou a bordo do Mayflower em 1620 e viajou para a América do Norte.

Sayre chegou na américa como um dos mais jovens colonos Europeus, a maioria deles Trouxas. Logo após chegar, Sayre saiu e foi em direção as montanhas que rodeavam o Assentamento Plymouth, deixando os colonos europeus presumissem que "Elias Story" sucumbiu ao rigoroso inverno, assim como tantos outros. Sayre decidiu ir embora pois estava com medo de que sua tia ainda pudesse estar rastreando ela, mesmo em um novo continente. Outra conclusão foi que durante a sua viagem a bordo do Mayflower ela tirou a conclusão de que uma bruxa não seria muito bem vinda ao assentamento.

Após muitas semanas vivendo sozinha nas montanhas completamente isolada, Sayre cruzou com um Esconde-esconde prestes a matar um Pukwudgie. Ela lançou uma maldição, o que fez com que o Esconde-esconde fugisse. Ela não sabia que os Pukwudgie eram perigosos para os seres humanos, memso assim, Sayre o levou para a sua cabana e cuidou dele, até que este estivesse novamente saudável. O Pukwudgie declarou que estaria em dívida com ela, e a serviria, até que pudesse surgir alguma oportunidade para retribuir a dívida, e que estava muito humilhado em estar em dívida com uma tola e jovem garota. Apesar da ingratidão do Pukwudgie ela o achou engraçado e estava feliz em tê-lo como compania. Após algum tempo, uma amizade foi formada entre os dois. Rigoroso nas crença de sua espécie, o Pukwudgie se recusou a dizer o seu verdadeiro nome para Isolt, então ela o apelidou de "William" em homenagem a seu pai.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória