FANDOM


A Lei de Proteção aos Trouxas era uma proposta de lei do Ministério da Magia Britânico que foi supostamente concebido para proteger os trouxas de artefatos mágicos potencialmente prejudiciais. De acordo com Lucio Malfoy, foi parcialmente escrito por Arthur Weasley, o chefe da Seção de Controle do Mau Uso dos Artefatos dos Trouxas, e resultou no Ministério realizar de pesquisas por objetos das trevas, incluindo aqueles localizados na Mansão Malfoy.

Alguns puro-sangues acharam a proposta como ofensiva, presumivelmente por causa do preconceito contra trouxas e não queriam que o Ministério investigassem suas posses. Lúcio Malfoy foi tão longe como tentar sabotar a carreira de Arthur ao implantar o velho Diário de Tom Riddle nas coisas da filha de Arthur, o que levou à abertura da Câmara Secreta e a petrificação de várias alunos trouxas. Esta lei foi aprovada em 1992, apesar da oposição de Lúcio Malfoy.

Aparições Editar