Wikia

Harry Potter Wiki

Narcisa Malfoy

Discussão0
510 pages em
Este wiki
Narcissa Malfoy dh part2
Narcisa Malfoy (nascida Black)
Informações biográficas
Nascimento

1955

Status sanguíneo

Puro-sangue

Estado civil

Casada

Outros nomes

Ciça (por Belatriz Lestrange)

Informações físicas
Espécie

Humana

Gênero

Feminino

Cor do cabelo

Loiros

Cor dos olhos

Azuis

Cor da pele

Pálida

Informações familiares
Família
Características mágicas
Varinha
Afiliação
Casa

Sonserina

Lealdade
"Não há mais nada que eu não faça!"
—Narcisa após seu filho ser posto em perigo.[src]

Narcisa Malfoy (nascida Black) (1955 - ), foi uma bruxa das Trevas puro-sangue, a mulher de Lúcio Malfoy, a mãe de Draco Malfoy, e a irmã mais nova de Belatriz Lestrange e Andrômeda Tonks. Embora nunca oficialmente uma Comensal da Morte, Narcisa acreditava na importância de pureza de sangue e apoiou seu marido ao seguir Lord Voldemort durante a Primeira e Segunda Guerra Bruxa[1].Isto mudou, contudo, quando seu marido foi preso em Azkaban e a vida de seu filho foi posta em risco por Voldemort. Narcisa tomou as medidas necessárias para proteger sua família, incluindo mentir para Voldemort sobre a suposta morte de Harry Potter durante a Batalha de Hogwarts, um ato que salvou os Malfoy de serem presos em Azkaban após a derrota do Lorde das Trevas[1].

BiografiaEditar

InfânciaEditar

Narcissa Black

A jovem Narcisa

Narcisa Black foi a filha mais nova de Cygnus e Druella Black (nascida Rosier), nascida em 1955. Ela teve duas irmãs mais velhas, Belatriz e Andrômeda. Narcisa aprendeu a filosofia de pureza de sangue desde pequena e cresceu com um preconceito a favor dos puro-sangues. Assim, como sua irmã Belatriz, ela parou de falar com sua irmã Andrômeda após esta ser deserdada e queimada da árvore genealógica dos Black por se casar com um nascido-trouxa, Ted Tonks.[2]

Narcisa foi educada na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts de cerca de 1966-1973. Colocada na Sonserina, ela conheceu seu futuro marido, Lúcio Malfoy, enquanto em Hogwarts.[3]

Vida familiarEditar

Após se formar de Hogwarts, provavelmente no fim dos anos 1970, Narcisa se casou com Lúcio Malfoy. Os Malfoy viveram uma vida de privilégios e luxo na Mansão dos Malfoy, localizada no condado de Wiltshire, no sul da Inglaterra. Seu marido apresentou Narcisa ao estilo de vida dos Comensais da Morte, embora ela mesma nunca tenha se tornado uma Comensal da Morte. O casal teve um filho, a quem chamaram Draco Lúcio. Narcisa continuou a tradição familiar de dar nomes des estrelas e constelações aos filhos, apesar de seu próprio nome não ter este traço.

Cisdraco

Narcisa sendo afetuosa com seu filho, Draco.

O primo de Narcisa, Régulo Black, foi morto na Primeira Guerra Bruxa, enquanto seu outro primo Sirius e sua irmã Belatriz foram ambos condenados à Azkaban após a queda de Voldemort em 1981.[4] Lúcio pôde evitar um destino semelhante ao dizer que estava sob o domínio da Maldição Imperius, e os Malfoy permaneceram como membros da elite social, aproveitando relacionamentos próximos aos oficiais do Ministério da Magia como o Ministro da Magia Cornélio Fudge e Dolores Umbridge. Quando Narcisa foi à Copa Mundial de Quadribol em 1994 com seu marido e filho, eles assitiram ao jogo do camarote de honra de Fudge.[5]

Quando Draco Malfoy começou sua educação em 1991, Lúcio Malfoy quis que ele fosse para o Instituto Durmstrang, que só admitia alunos puro-sangues ou mestiços e ensinava as Artes das Trevas, que refletia muito bem as crenças da família Malfoy. Narcisa, contudo, insistiu que Draco Malfoy fosse para Hogwarts para que ficasse perto de casa, já que Durmstrang era localizada no norte da Europa. Ela era muito devotada a Draco, mandando-o doces e bolos por coruja todos os dias durante seu primeiro ano em Hogwarts.[6]

Segunda Guerra BruxaEditar

Em 1996, sua irmã e cunhado escaparam de Azkaban. Naquele mesmo ano, Lúcio participou da Batalha do Departamento de Mistérios em uma tentativa de pegar a profecia para Lord Voldemort, que tinha voltado ao poder no ano anterior. O esforço foi impedido por seis membros da A.D. e por membros da Ordem da Fênix. Voldemort ficou furioso com Lúcio, que liderou os Comensais, por não conseguir obter a profecia e pelas consequências daquela noite, que incluíam o retorno do Lorde das Trevas ser reconhecido pelo Ministério da Magia e muitos de seus Comensais da Morte serem mandados para Azkaban, incluindo o próprio Lúcio.[4]

Apesar de sua irmã Belatriz ter conseguido escapar da prisão, Narcisa ficou horrível após a prisão de marido, assim com o tratamento Voldemort em relação a sua família que sobreveio. Naquele verão, ela foi até a casa de Severo Snape na Rua da Fiação, acompanhada por Belatriz, para discutir as ordens de Voldemort para Draco de matar o diretor de Hogwarts, Alvo Dumbledore.

UnbreakableVow Narcissa&Snape

Narcisa fazendo um voto perpétuo para proteger seu filho.

Narcisa ficou histérica e pensou que Draco estava sendo mandado em uma missão suicida para punir Lúcio por sua várias falhas. Apesar da afirmação do contrário por sua irmã, Narcisa ignorou o murmúrio de Belatriz que dizia que "o Lorde das Trevas [estava] enganado," e implorou a Severo para fazer um Voto Perpétuo, que assegurava que ele vigiaria Draco durante seus esforços. Ela também fez um voto para ele executar o plano ele mesmo, caso Draco falhasse. Depois naquele mês, ela foi comprar os materiais de escola com Draco na Madame Malkin's Vestes para Todas as Ocasiões, onde ela teve uma discussão acalorada com Harry Potter. Ele a provocou sobre a prisão de Lúcio, e ela respondeu friamente falando da recente morte de seu padrinho antes de sair com seu filho da loja.

Através do ano letivo, Draco fez uma série de tentativas sem sucesso de matar Dumbledore, que resultou na Batalha da Torre de Astronomia e no cumprimento do voto de Snape com Narcissa. [7]

Casa como quartel-generalEditar

Lucius-and-Narcissa-Malfoy-lucius-and-narcissa-malfoy-28195793-394-374

Lúcio, Narcisa e sua irmã Belatriz falando com Lord Voldemort durante a Reunião na Mansão dos Malfoy

Em 1997, a Mansão dos Malfoy foi usada como quartel-general por Voldemort. Uma reunião dos Comensais mais próximos de Lord Voldemort acontecia lá, e foi lá que aconteceu o assassinato de Caridade Burbage. Os Malfoy ficaram extremamente desconfortáveis com isto, apesar de dizerem que nada os daria mais prazer do que hospedar o Lorde das Trevas. Depois de Lord Voldemort pedir por uma varinha emprestada, Narcisa convenceu seu marido a dar sua varinha para Voldemort; ela logo se quebrou na Batalha dos Sete Potter.

Voldemort não se agradou com os Malfoy pelas falhas de Lúcio e ficava feliz em humilhá-los ao falar sobre a relação deles com o lobisomem Remo Lupin através da sobrinha de Narcisa, Ninfadora Tonks.[2]

Conflito na Mansão dos MalfoyEditar

Belatriz: "Draco, leve esse lixo para fora. Se não tiver peito para acabar com eles, deixe-os no pátio para mim."
Narcisa: "Não se atreva a falar com Draco assim-"
Belatriz: "Cale-se! A situação é mais grave do que você seria capaz de imaginar, Ciça!"
Belatriz e Narcisa na Mansão dos Malfoy[src]
Quando Harry Potter, Rony Weasley e Hermione Granger foram pegos por
Narcissa-and-Draco-Malfoy-with-Bellatrix-narcissa-malfoy-28196485-1920-800

Narcissa com seu filho, Draco, lutando com Harry Potter e Rony Weasley.

um grupo de sequestradores liderados por Scabior, eles foram trazidos para a Mansão dos Malfoy. Narcisa agiu friamente e com desdém em relação a Scabior, mas os deixaram entrar, onde ela chamou seu filho para identificar os prisioneiros e reconheceu Hermione de seu encontro um ano antes na Madame Malkin's Vestes para Todas as Ocasiões. Ela discutitu com sua irmã sobre quem tinha ocasião em sua casa, assim como nos prisioneiros presos em seu porão: Harry, Rony, Dino Thomas, Grampo, Garrick Olivaras, e Luna Lovegood, os dois últimos ficaram lá por mais um tempo. Todos os prisioneiros escaparam, Dino, Luna e Olivaras desaparataram com Dobby, enquanto Harry e Rony foram salvar Hermione da irmã de Narcisa, Belatriz, que tinha usado a Maldição Cruciatus e sua faca para encravar a palavra 'sangue ruim' no braço da garota. Depois, no breve duelo que se seguiu, Narcisa ficou chocada ao ver seu antigo elfo-doméstico, Dobby, os desafiar abertamente. Ele foi morto por Belatriz assim que o grupo escapou da mansão.[2]
Narcissa 2

A expressão de Narcisa quando ela percebe que Harry está vivo.

Após Harry e seus amigos fugirem para o Chalé das Conchas, Lord Voldemort puniu os Malfoy severamente, mas não foi tão ruim assim com Belatriz. À altura da Batalha de Hogwarts, Narcisa deu a seu filho, Draco, sua varinha para substituir sua varinha roubada, deixando a ela mesma e a seu marido marido sem varinha.

Batalha de Hogwarts e consequênciaEditar

"Está morto!"
—Narcisa mente sobre a morte de Harry, traindo assim Voldemort.[src]
No início da batalha, Draco perdeu a varinha de sua mãe na Sala Precisa, deixando-a para ser queimada no Fogomaldito de Vicente Crabbe.
Narissa Malfoy Forest 1998

Narcisa encara o Lorde das Trevas

Durante a fase final da Batalha de Hogwarts, Voldemort tentou matar Harry Potter na Floresta Proibida usando a Maldição da Morte. Voldemort disse para alguém checar se Harry estava, de fato, morto, algo que ninguém queria fazer. Vendo que Harry ainda estava vivo, ela usou a oportunidade, para perguntar a Harry se ele sabia do bem-estar de Draco. Em um sussurro, ela perguntou se Draco estava vivo. Quando Harry disse que ele estava, Narcisa traiu o Lorde das Trevas e disse que Harry Potter estava morto, já que ela sabia que a única forma na qual sua família estaria reunida seria como uma parte o exército vitorioso
Malfoy family-Battle of Hogwarts

Narcisa na Batalha de Hogwarts, com Lúcio e Draco.

de Voldemort.

Quando a batalha recomeçou, Narcisa e Lúcio abandonaram os Comensais da Morte e procuraram desesperadamente por Draco. Depois da batalha, a família foi reunida no Salão Principal, onde ficaram desconfortáveis estando no meio dos vitoriosos.

Vida posteriorEditar

Contudo, como Narcisa traiu Voldemort e mudaram de lado no último momento, a família Malfoy inteira ganhou anistia e evitaram a prisão em Azkaban. Narcisa se tornaria a avó de Escórpio Malfoy, o filho de Draco e de sua mulher, Astória Greengrass.

ApariçõesEditar

Wiki
A Harry Potter Wiki tem 12 imagens relacionadas a Narcisa Malfoy.

Notas e referênciasEditar

Comensais da Morte
Dark Mark
Líder:
Lord Voldemort
Comensais da Morte:
Aleto Carrow | Amico Carrow | Antônio Dolohov | Augusto Rookwood | Avery (I) | Avery (II) |
Bartô Crouch Jr. | Belatriz Lestrange | Crabbe | Evan Rosier | Gibbon | Goyle |
Jugson | Lestrange | Mulciber (I) | Múlciber (II) | Nott | Rabastan Lestrange | Rodolfo Lestrange | Rosier | Selwyn | Thorfinn Rowle | Travers | Walden Macnair | Wilkes | Yaxley
Comensais da Morte que desertaram:

Draco Malfoy | Igor Karkaroff | Lúcio Malfoy | Pedro Pettigrew | Régulo Black | Severo Snape

Aliados dos Comensais da Morte:
Vicente Crabbe | Golgomate | Gregório Goyle | Fenrir Greyback | Narcisa Malfoy (desertou) |
Quirino Quirrell | Scabior | Dolores Umbridge
Outras afiliações:
Dementadores | Gigantes (sob o controle de Golgomate) | Comissão de Registro dos Nascidos-Trouxas | Sequestradores | Lobisomens

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória