FANDOM



O Pelúcio (em inglês Niffler) é uma criatura com um longo focinho e um casaco de pele negra e fofa.[1] Eles eram atraídos por coisas brilhantes, o que os tornava maravilhosos para localizar tesouros, mas isso também significa que eles poderiam causar estragos se fossem mantidos (ou soltos) dentro de casa. Os pelúcios em geral são inofensivos.[1]

Alunos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts aprenderam sobre pelúcios em Trato das Criaturas Mágicas.

Descrição Editar

As ninfas eram criaturas parecidas com roedores, com um longo focinho parecido com o de um ornitorrinco e um pelo preto e fofo.[1] Nativos da Grã-Bretanha, eles viviam em tocas a uma profundidade de seis metros abaixo do solo e produziam seis a oito filhotes em uma única ninhada.[1]

Pelúcio

A bolsa de um pelúcio pode conter inúmeros itens.

Pelúcios tem uma bolsa em suas barrigas que segura muito mais do que parecia possível a primeira vista, como os efeitos de um Feitiço Indetectável de Extensão em um recipiente.[2]

Os pelúcios são gentis por natureza e podem até ser afetuosas com seus donos.[1] No entanto, eles poderm destruir pertences procurando por objetos brilhantes, e por isso não é aconselhável mantê-los como animais domésticos.[1] Também está implícito que eles poderiam se tornar violentos se provocados, já que o segundo pelúcio lançado no escritório de Dolores Umbridge aparentemente tentou tirar um pedaço da perna dela.

História Editar

Pelúcios foram mantidos por duendes para procurar tesouros.[1]

Newton Scamander era dono de um pelúcio, que escapou duas vezes de sua mala durante sua visita a Nova York em 1926 e tentou roubar tanto o Steen National Bank quanto uma joalheria de inúmeros objetos de valor.[3]

Durante o ano letivo 1994–1995, Rúbeo Hagrid usou-os como parte da turma do Quarto Ano de Trato das Criaturas Mágicas. Antes da aula, ele escondeu o ouro Leprechaun na terra em frente à sua cabana. Ele emparelhou cada aluno com um pelúcio e prometeu um prêmio para quem encontrasse mais ouro. Ronald Weasley perguntou a Rúbeo Hagrid se eles poderiam comprar esses pelúcio como animais de estimação, e com conhecimento, Hagrid disse que sua mãe não iria querer um porque eles destruíram casas, mas isso não foi um "não" definitivo. Isso significa que há uma boa chance de que os magos possam comprar pelúcio. Quando Hagrid pegou Gregório Goyle embolsando o ouro, ele explicou que tentar roubá-lo era inútil, já que o ouro do Leprechaun era inútil porque desaparecia depois de algumas horas. O pelúcio de Ronald encontrou mais ouro, então Hagrid o recompensou com um pedaço extremamente grande de chocolate da Dedosdemel.[4]

Durante o mandato de Dolores Umbridge como Diretora da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Lino Jordan usou um Feitiço de Levitação para levitar dois pelúcios através da janela de seu escritório para destruir o escritório. Umbridge culpou Hagrid por isso, e isso não o ajudou nem um pouco durante suas inspeções com a Alto Inquisidor de Hogwarts.[5][6]

Aparições Editar

Notas e referências Editar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 Animais Fantásticos e Onde Habitam (real)
  2. "Animais Fantásticos: Conheça as Criaturas" na Entertainment Weekly
  3. Animais Fantásticos e Onde Habitam (filme)
  4. Harry Potter e o Cálice de Fogo, Capítulo 28 (A loucura do Sr. Crouch)
  5. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 30
  6. Harry Potter e a Ordem da Fênix, Capítulo 31
  7. [http://www.ew.com/article/2015/11/05/fantastic-beasts-creatures-list Animais Fantásticos: 7 criaturas que esperamos
  8. https://twitter.com/FantasticBeasts/status/938483200824786944



Trato das Criaturas Mágicas
The Monster Book
Professores: Silvanus Kettleburn · Rúbeo Hagrid · Guilhermina Grubbly-Plank (professora substituta)
Livros-texto: O Livro Monstruoso dos Monstros · Animais Fantásticos e Onde Habitam
Trato das Criaturas Mágicas em Hogwarts: Cabana de Rúbeo Hagrid · Floresta Proibida · Sala de aula de Trato das Criaturas Mágicas
Criaturas estudadas: Hipogrifos · Vermes-cegos · Salamandras · Esplosivins · Pelúcios · Unicórnios · Testrálios · Tronquilhos · Crupes · Caranguejos-de-fogo · Ouriços · Amassos · Pocotós