Fandom

Harry Potter Wiki

Suprema Corte dos Bruxos

2 046 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

"Sentindo-se muito mal, ele olhou para as pessoas sentadas acima. Havia umas cinquenta, até onde sua vista alcançava, usavam vestes cor de ameixa com um W bordado em fio de prata do lado esquerdo do peito, e olhavam para ele com ar de superioridade, algumas com expressões bem austeras, outras, francamente curiosas."
Harry Potter, durante sua audiência na Suprema Corte dos Bruxos[fnt]

A Suprema Corte dos Bruxos é o supremo tribunal da lei e o parlamento bruxo da Grã-Bretanha. É provável que seja uma continuação do velho Conselho dos Bruxos. Sua sede administrativa está localizada no Departamento de Execução das Leis da Magia do Ministério da Magia. Pelo menos alguns de seus julgamentos acontecem nas masmorras dos níveis mais baixos.

A Suprema Corte dos Bruxos parece agir como um tipo de parlamento: os vários Decretos Educacionais introduzidos pelo Ministro da Magia Cornélio Fudge em 1995 foram passados e sancionados pela Suprema Corte. Similarmente, as leis trouxas na Grã-Bretanha devem ser aprovadas pelo Parlamento. Não é dito o tamanho do controle que a Suprema Corte tem ao passar estes decretos, e quanto controle o Ministro exerce nestas circunstâncias.

EstruturaEditar

A Suprema Corte dos Bruxos é composta de cerca de cinquenta membros. O processo de seleção não é claro, embora Ministro da Magia pareça ter algum controle sobre a seleção se sobre a remoção de membros. Além disso, um Escriba da Corte serve como um estenógrafo. O Ministro da Magia, a Subsecretária Sênior do Ministro, e o Chefe do Departamento de Execução das Leis da Magia presidem a Suprema Corte. Há também um Representante da Juventude Britânica para pessoas menores de 17 anos de idade.[1]

Alvo Dumbledore manteve a posição de Bruxo Presidente da Suprema Corte dos Bruxos, exceto durante o período de julho de 1995 a junho de 1996, na qual foi removido do posto por sua insistência ao dizer que Lord Voldemort havia retornado. Ele voltou ao posto quando o Ministério foi forçado a reconhecer o retorno de Voldemort, especificamente quando ele apareceu pessoalmente no Ministério da Magia em 1996.

Enquanto em uma sessão, os membros usam vestes gravadas com um W prateado, do original, Wizengamot.

Membros da Suprema Corte dos Bruxos conhecidosEditar

Ameliabones.jpg

Amélia Bones, membro da Suprema Corte dos Bruxos e chefe do Departamento de Execução das Leis da Magia.

JulgamentosEditar

Os julgamentos parecem ser breves e concisos. Os acusados podem apresentar testemunhas para serem questionadas pela Suprema Corte dos Bruxos. Uma terceira pessoa com conhecimento legal pode falar em defesa do réu. Contudo, não parecem existir advogados bruxos, e a prática de ter alguém falando em defesa de um réu parece ser rara.

Aberforth e os bodesEditar

Aberforth Dumbledore foi acusado de usar feitiços inadequados em um bode".[2][3]

Ataque de Dementadores em Little WhingingEditar

HarryonTrial.jpg

Harry Potter em sua audiência em 1995.

Ver também: Audiência disciplinar de Harry Potter

Em 1995,[4] a Suprema Corte acusou Harry de violar o Decreto de Restrição à Prática de Magia por Menores. Harry foi forçado a produzir um Patrono para se defender e defender seu primo Duda Dursley contra dois Dementadores. O horário da audiência foi mudado na noite anterior ao julgamento, e embora a Suprema Corte dos Bruxos tenha mandado uma carta para Harry o informando disto, ela provavelmente não chegou a tempo. Entretanto, Alvo Dumbledore foi à defesa de Harry e Cornélio Fudge relutantemente o absolveu das acusações depois da maioria votar a favor desta decisão. Foi depois revelado que Dolores Umbridge mandara os dementadores atacarem Harry para silenciá-lo.

Percy Weasley mandou depois uma carta a seu irmão Rony dizendo que toda a Suprema Corte, dizendo que este tipo de julgamento era incomum. Audiências disciplinares não requerem a atenção da corte inteira e são resolvidas com apenas um investigador.

ApariçõesEditar

Notas e referênciasEditar

Predefinição:Ministério Nível 2

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória