FANDOM



"O sangue do unicórnio mantém a pessoa viva, mesmo quando ela está à beira da morte, mas a um preço terrível. Ela matou algo puro e indefeso para se salvar e só terá uma semivida, uma vida amaldiçoada, do momento que o sangue lhe tocar os lábios."
—As propriedades do sangue de unicórnio[fnt]

O unicórnio é um cavalo branco com um chifre saindo de sua cabeça. Uma criatura icônica da magia, a existência de unicórnios é um dos segredos mais mal guardados do mundo mágico, pois os unicórnios estão inextricavelmente associados à magia no mundo dos trouxas. Estes eqüinos majestosos possuem potentes propriedades mágicas, com seus pelos da cauda sendo demarcados por Garrick Olivaras Ollivander como um dos "Núcleos Supremos", que é uma distinção compartilhada por apenas dois outros animais.

História Editar

Unicórnio morto

Um unicórnio morto em 1992

Pelo menos dois unicórnios foram mortos por Quirino Quirrell para que Lord Voldemort pudesse beber seu sangue e retornar ao poder. Harry Potter, Draco Malfoy e Canino encontraram o cadáver de um deles na Floresta Proibida.[1]

Em 1995, alunos do quarto ano da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts estudaram unicórnios na sua turma de Trato das Criaturas Mágicas, enquanto a professora Guilhermina Grubbly-Plank estava substituindo Hagrid.[2]

Aula sobre unicórnios

Professor Grubbly-Plank mostrando sua classe alguns unicórnios.

Mais tarde, no ano letivo 1995-1996, como parte do exame prático do Nível Ordinário de Magia de Trato das Criaturas Mágicas, os estudantes eram obrigados a escolher dentre uma ampla seleção de alimentos a dieta que dariam a um Unicórnio doente.[3]

O unicórnio era tão branco que fazia a neve parecer cinzenta. Estava a pisar o chão nervosamente com os cascos dourados e a lançar a cabeça com chifre.[2]

Descrição Editar

Unicórnio

Os potros do unicórnio nascem de cor ouro puro. Eles permanecem assim até que tenham cerca de dois anos de idade, altura em que eles se tornam de cor prateada. Por volta dos quatro anos o [Chifre de unicórnio|chifre]] cresce. Eles cresceram completamente aos sete anos de idade, altura em que adquirem um tom de branco puro, tão brilhante que faz a neve recém-caída parecer cinzenta em comparação. Seus cascos são dourados (permanecendo assim desde o estágio de ouro, os dois primeiros anos de vida), e seu sangue é azul-prateado e brilha sob o luar. Não é mencionado quanto tempo um unicórnio pode viver.

Os unicórnios habitam as florestas da Europa, incluindo a Floresta Proibida de Hogwarts.

Os unicórnios preferem o toque de uma mulher, mas os mais jovens são mais confiantes e não se importam tanto com os homens. Os unicórnios raramente podem ser capturados por humanos. Eles são rápidos o suficiente para fugir dos lobisomens com facilidade.[1] Os criadores de varinhas, como a família Olivaras, também arrancam pelos das caudas para usar nas varinhas. Não é agressivo sem causa, mas deve ser tratado com muito respeito.

Usos Editar

Unicórnio morto

Uma tapeçaria medieval mostrando bruxos matando um unicórnio e coletando seu sangue

Várias partes do unicórnio - o chifre e pelo em particular - são usados em poções. Pelo de Unicórnio é usado para os núcleos de varinhas. O sangue pode ser usado para manter uma pessoa que está perto da morte vivo, mas "terá mas uma semi-vida, uma vida amaldiçoada, a partir do momento em que o sangue toca seus lábios." O chifre do unicórnio é usado, em runas, para simbolizar o número um.[4]

Um unicórnio é uma forma corpórea rara possível do Feitiço do Patrono.[5]

Por trás das cenas Editar

  • Unicórnios são capazes de se mover mais rápido que os lobisomens. Durante a detenção na Floresta Proibida em 1992, Harry perguntou se um lobisomem poderia estar matando os unicórnios e Hagrid respondeu que eles não eram rápidos o suficiente.[1]

Aparições Editar

Wiki
A Harry Potter Wiki tem 6 imagens relacionadas a Unicórnio.
Harry Potter e a Pedra Filosofal (PPrimeira Menção)

Ver também Editar

Notas e referências Editar

  1. 1,0 1,1 1,2 Harry Potter e a Pedra Filosofal
  2. 2,0 2,1 Harry Potter e o Cálice de Fogo
  3. Harry Potter e a Ordem da Fênix
  4. Site oficial de J. K. Rowling
  5. Veja esta imagem


Estudo das Runas Antigas
Runas Antiga Sem Mistérios
Professores: Bathsheda Babbling
Livros-texto: Dicionário de Runas | Hieróglifos e Logogramas Mágicos | Runas antigas sem mistérios | Silabário de Spellman | Tradução avançada das runas
Runas conhecidas: Acromântula | Ehwaz | Eihwaz | Farosutil | Fiuum | Hidra | Quintípede | Salamandra | Seminviso | Unicórnio | Desconhecida | Marca de Merlin



Trato das Criaturas Mágicas
The Monster Book
Professores:
Silvano Kettleburn · Rúbeo Hagrid · Guilhermina Grubbly-Plank (professora substituta)</small<
Livros-texto:
O Livro Monstruoso dos Monstros · Animais Fantásticos e Onde Habitam
Trato das Criaturas Mágicas em Hogwarts:
Cabana de Rúbeo Hagrid · Floresta Proibida · Sala de aula de Trato das Criaturas Mágicas
Criaturas estudadas:
Hipogrifos · Vermes-cegos · Salamandras · Esplosivins · Pelúcios · Unicórnios · Testrálios · Tronquilhos · Crupes · Caranguejos-de-fogo · Ouriços · Amassos · Pocotós