FANDOM


Esta varinha pertenceu a Lúcio Malfoy, chefe Família Malfoy. Visivelmente, a varinha está escondido dentro da bengala de Lúcio Malfoy, uma herança da família Malfoy. A varinha se encaixa na bengala como uma espada em uma bainha. Lúcio estava na posse de sua varinha/bengala pela maior parte de sua vida, mas quando ele foi enviado para Azkaban seu filho foi visto na posse da bengala (embora seja duvidoso que ele usou a varinha de seu pai, em vez que continuar a utilizar a sua própria). Depois de Azkaban, Lúcio recuperou sua varinha, mas esta foi tomada pelo Lord Voldemort, a fim de resolver o problema de sua varinha e a de Harry Potter compartilhando que compartilhavam varinhas com núcleos de mesma origem. Foi destruída durante a Batalha dos Sete Potter na posse de Voldemort.

História Editar

Malfoy ataca Potter

Esta varinha foi criado mais de 1.000 anos atrás para um ancestral da família Malfoy, possivelmente por um ancestral da família Olivaras.

Lúcio Malfoy utilizou esta varinha através de grande parte de sua vida. Não se sabe se ele carregava uma varinha diferente no início de sua carreira como bruxo, embora pareça provável que ele teria passado por pelo menos uma ou duas varinhas antes de adquirir a presente. Escondido dentro da bengala com cabeça de serpente, atuou tanto como um símbolo de seu status como a ferramenta de um bruxo.

Destruição Editar

A varinha foi tirada dele por Lord Voldemort em 1997 uma vez que o Lorde das Trevas queria impedir que o Priori Incantatem ocorresse outra vez entre sua própria varinha e a varinha de Harry Potter. A varinha de Harry a destruiu durante a Batalha dos Sete Potter.

Por trás das cenas Editar

  • Nas adaptações para o cinema de Harry Potter e as Relíquias da Morte, Lúcio substitui esta varinha.
  • Se esta varinha é verdadeiramente de mil anos de idade, o seu proprietário original pode ter sido Armand Malfoy, que viveu em meados do século 11.
  • Considerando que Lúcio Malfoy tinha esta varinha em seu poder em 1992, quando seu pai ainda estava vivo, é possível que quando um Malfoy herda a Mansão em Wiltshire, eles recebam a varinha ao lado dela, significando que possuí-la pode ser um sinal da pessoa. em questão ser o patriarca ou matriarca da família Malfoy.
  • Como esta varinha tem 45,72cm, é a mais longa já registrada.
  • Nas adaptações cinematográficas de Harry Potter e as Relíquias da Morte , na escaramuça na Mansão Malfoy, Lúcio pode ser visto puxando a cabeça da serpente para fora da bengala, obviamente por hábito de não haver nenhuma varinha conectada, e ele rosna quando percebe.
  • Varetas de olmo são consideradas altamente desejáveis ​​para os supremacistas de puro-sangue , tornando-a ideal para uma herança de família Malfoy.

Aparições Editar